NOSSA VIDA

Mais duas tentivas de gestação: o aborto

Após a frustração da primeira tentativa de engravidar, partimos para o ataque novamente. Isso foi em fevereiro de 2011. Desta vez, resolvemos fazer a FIV pela Fundação Santo André, com a mesma especialista Dra. Clarissa Santiago de Mattos, de forma mais econômica.

Depois de todas as bombas hormonais que recebi, obtive apenas dois embriões , que foram transferidos.

Apesar de muitas mulheres formarem muitos embriões a ponto de congelar, para mim, o fato de ter conseguido formar embriões já era uma grande vitória.

Após muita ansiedade, chegara o grande dia de realizar o exame de gravidez. Era dia 28 de fevereiro, meu coração batendo a mil por hora para saber o resultado. Enfim, recebi a grande notícia: grávida. Meu marido e eu nos abraçamos e choramos de alegria.

Foram dias agitados depois disso. Meu marido estava trabalhando no interior de São Paulo, e só vinha de final de semana. Nosso apartamento estava reformando, e eu ficava um pouco na minha sogra e outros dias na minha mãe.

Eu estava muito feliz com a gravidez, mas, na verdade, não me sentia grávida. Eu queria um sinal, ainda que fosse enjoar, mas nada acontecia. Apenas tinha muitas dores que eu chamava de cólica nas pernas (ninguém entendia o que era isso). Fiz um ultrassom no consultório da minha médica, e estava tudo bem. Bom, maravilha!

Dois dias depois, em 28 de abril, fui realizar um exame de ultrassonografia, em que já cheguei sendo maltratada pelo médico do laboratório. Ele me tacou um avental para vestir, sem nenhum tato e pouca conversa. Com a mesma insensibilidade, começou a questionar o tamanho do embrião em relação à idade gestacional por mim mencionada como se eu fosse uma desnorteada (percebi algo errado), e ele disse sem titubear que o coração não batia mais, estando o feto morto na minha barriga há uma ou duas semanas. Eu sai de lá arrasada, chorando, aos urros. Tratava-se de um aborto retido, o que, inevitavelmente, ensejou uma curretagem, após dores de parto sem final feliz.

Fizemos exame naquele que seria meu futuro bebezinho, era um menino, que não vingou por conta de alteração cromossômica. Quanta tristeza senti, mas não podia desistir. A médica disse pelo menos sabemos que você pode engravidar, já é um avanço. E seguimos.

Em julho de 2011, a terceira FIV, formaram-se dois embriões novamente. Implantei, mais dias até o beta, muita ansiedade, aquela confusão de sentimentos (será que estou grávida? será que estas cólicas são da gravidez? será que deu certo? acho que não, acho que sim). Quando ia ao banheiro, tinha pavor de olhar para o papel higiênico, com medo de ver a menstruação. E não teve jeito, no dia 28/07, ela apareceu. Mais choro, mais desânimo, dinheiro voando e mil dúvidas sobre se um dia iria conseguir. Estava à espera de um milagre divino. EU QUERIA SER MÃE O QUANTO ANTES, ERA PARA ONTEM. NÃO ENTENDI O MOTIVO DE NÃO CONSEGUIR. O QUE EU TINHA FEITO DE ERRADO???

Anúncios

2 comentários em “Mais duas tentivas de gestação: o aborto

  1. Que bom conhecer um pouco da sua linda trajetória. Que belo exemplo poder compartilhar, incentivar e ajudar muitas famílias que passam pelas mesmas dificuldades. Parabéns pela coragem, por não desanimar, por vencer e partilhar!
    Sua família é muito linda!!!!

    Curtir

  2. Olá Ana, td bem? Obrigada por me add, ñ sei exatamente onde me encontrou, mas estou feliz em acompanhar sua história. Me enche de esperança! Estou grávida de 10 semanas, está foi minha 3a tec da minha 3a fiv. Assim cmo vc a 1a tentativa ñ tive embriões, na 2a gestação anembrionaria, tec negativa, 3a tentativa aborto retido c 8 semanas, tec negativa, tec positiva em setembro e agora aguardando a TN. O medo me assombra tds os dias, porem desta vez além dos sintomas presentes vi meu bbzinho nos 2 primeiros usg e tenho mantido mta fé q teremos nosso filho nos braços! Desejo a vc e sua linda família mta saúde e felicidade! Bjos

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s